CONCURSO DA PREFEITURA DE SERRANÓPOLIS DO IGUAÇU É SUSPENSO POR SUSPEITA DE FRAUDE

Os advogados Gabriela Ben, Jhonny Pettersonn Berlanda e Hanthonny Gregory Berlanda ingressaram com Ação Popular perante o Poder Judiciário para suspender o concurso público realizado ao final de 2017 pelo Município de Serranópolis do Iguaçu – PR, sustentando a suspeita de ocorrência de fraude em quase todos os cargos disponíveis.

Ao que tudo indica o Prefeito Luiz Carlos Ferri, juntamente com a Presidente da Comissão de Concursos Alessandra Back em conluio com o Instituto Saber organizaram um sistema para garantir a aprovação de servidores comissionados do próprio Município de Serranópolis do Iguaçu – PR, doadores de campanha, familiares, amigos e demais colaboradores da atual gestão, contando inclusive com possível facilitação para parentes de gestores de municípios vizinhos.

No pedido judicial, os advogados postulam a anulação do concurso público nos cargos em que for detectada a fraude, mas permanecendo íntegro quanto aos cargos e pessoas que não tiveram envolvimento com a suposta trama ilícita.

Como tutela de urgência, apresentaram requerimento para suspender o referido concurso público, bem como para afastar o Prefeito Luiz Carlos Ferri e a servidora Alessandra Back de seus cargos, no intuito de não influírem na instrução do processo judicial, evitando prejudicar a marcha processual.

Na tarde desta terça-feira (06/03/2018) a magistrada Carolina Marcela Franciosi Bittencourt, da Vara da Fazenda Pública de Medianeira apreciou o pedido de tutela de urgência decidindo pela sua concessão para suspender todos os atos referentes ao trâmite do concurso público n. 01/2017 de Serranópolis do Iguaçu – PR, de forma que os aprovados não poderão ser nomeados até decisão final no processo.

Notícias recentes

Compartilhar