CURSO TEÓRICO SERÁ OBRIGATÓRIO PARA QUEM VAI RENOVAR A CNH

Fonte: Portal do Trânsito – Por Mariana Czerwonka.
A partir da entrada em vigor da Resolução 726/18, daqui a 90 dias, todas as pessoas terão que fazer um curso teórico de 10 horas/aula e depois passar por uma prova, para conseguir renovar a CNH, além dos exames médicos que já eram cobrados anteriormente. Esse curso poderá ser feito presencialmente ou à distância.
O texto da Resolução 726/18 que substitui a Resolução 168/04 do CONTRAN, foi publicada no dia 08/03, no Diário Oficial da União, e trata do processo de formação e especialização de condutores no Brasil. Os anexos foram publicados ontem, no site do Denatran.
De acordo com Dr. Mauricio José Alves, diretor do Denatran, a finalidade de se exigir curso teórico em toda renovação é aperfeiçoar os condutores.
“O Curso de Aperfeiçoamento para Renovação da CNH tem por objetivo precípuo atualizar as informações e os conhecimentos sobre as legislações de trânsito, considerando a circunstância das constantes e contínuas alterações, mantendo o condutor permanentemente ciente e consciente das determinações emanadas do legislador, devendo, portanto, ser realizado a cada renovação, uma vez que as mudanças e atualizações são contínuas e objetivam garantir ao condutor o aperfeiçoamento e a atualização necessários para a condução do veículo no contexto atual revisando, atualizando e construindo conhecimentos que transformem a prática de condução com a qual este indivíduo chegou ao curso”, explica.
A Resolução diz ainda que, para esse curso, deve ser levado em consideração o estilo de vida dos condutores, suas características individuais, incluindo a experiência, atitudes, aptidões, motivações, decisões e comportamentos.
A nova 168/04
A Resolução 726/18 substitui a Resolução 168/04 do CONTRAN. O novo texto apresenta mudanças significativas para o processo de formação de condutores de veículos automotores e elétricos, a realização dos exames, a expedição de documentos de habilitação, os cursos de formação de condutores, especializados e de reciclagem, fundamentado em teorias e práticas pedagógicas que sejam capazes de promover um trânsito mais seguro, no qual os condutores tenham condições de receber a devida formação.
NOTA RESOLUÇÃO 726

O Departamento de Trânsito do Paraná (Detran) esclarece que está em contato com o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) para debater a resolução 726 do Contran, publicada pelo órgão no último dia 06 de março. Uma comissão de técnicos da autarquia já estuda o conteúdo das medidas impostas pelo texto e o Paraná participa de um grupo formado com  outros departamentos estaduais para discutir com o Governo Federal a operacionalização das mudanças, bem como avaliar a efetividade das medidas para a redução da acidentalidade no país, supostamente o principal objetivo da referida resolução. Desta forma, o Paraná aguarda a resposta dos questionamentos enviados ao Denatran para que possa viabilizar ou não os novos cursos, orientar os centros de formação de condutores e, principalmente, informar a população sobre como proceder.

Atenciosamente,



Assessoria de Imprensa e Comunicação Social
Departamento de Trânsito do Paraná - DETRAN/PR
Av. Victor Ferreira do Amaral, 2940   Curitiba/PR
+55 (41) 3361- 1286 / 1307 / 1375 / 1431 / 1433
www.facebook.com/detranpr

Notícias recentes

Compartilhar